Responsabilidade Social

Compromisso de Responsabilidade Social
separador-azul-jose-de-mello

O Grupo José de Mello reforçou, no último exercício, o compromisso de desenvolver a atividade empresarial da holding José de Mello e das suas principais empresas participadas de forma socialmente responsável.

Numa lógica transversal a todo o Grupo José de Mello, foi dada continuidade em 2015 ao Programa de Voluntariado, uma importante iniciativa de responsabilidade social que tem vindo a ser desenvolvida com o apoio da Fundação Amélia de Mello (FAM), que vai já no seu quinto ano de vida e que conta com a participação de mais de 200 voluntários provenientes das empresas que integram o Grupo e também da família José de Mello.

No último exercício, foram dados dois passos que permitem alargar o âmbito de atuação do Programa de Voluntariado: a celebração de uma nova parceria e uma aproximação a alguns reformados das empresas do Grupo José de Mello.

No primeiro caso, foi possível juntar o Movimento de Defesa da Vida, instituição particular de solidariedade social sem fins lucrativos que desenvolve atividade em Lisboa e Porto na defesa dos direitos humanos, da promoção da mulher e dos valores éticos fundamentais, às cinco entidades que já eram parceiras do Programa de Voluntariado, nomeadamente a Associação Coração Amarelo, o ATL da Galiza, o Centro Comunitário da Paróquia de Carcavelos, a Obra do Frei Gil e a Junior Achievement Portugal.

Ler mais...

No segundo caso, foi possível juntar ao Programa de Voluntariado, embora a título ainda experimental e em número muito reduzido, alguns antigos colaboradores.

Para validar a estratégia de atuação definida para o Programa de Voluntariado, foram novamente realizados os inquéritos anuais de avaliação realizados junto dos voluntários e das instituições parceiras, tendo sido evidentes, pelos resultados obtidos, quer um elevado nível de satisfação dos voluntários, quer um impacto social muito positivo no terreno.

Como forma de reconhecer e homenagear os colaboradores que integram o Programa de Voluntariado teve lugar, pelo quarto ano consecutivo, mais um Dia do Voluntário, que decorreu no dia 26 de junho, nas instalações da CERCICA, no Estoril, e que juntou mais de uma centena de colaboradores das várias empresas do Grupo José de Mello, integrados como voluntários nas seis instituições parceiras do Programa.

Uma segunda importante realização de alcance transversal é o projeto Ser Solidário, sucessor do projeto Natal Solidário, que decorreu de 2002 a 2007 e que, juntos, já permitiram reunir, até esta altura, apoios no valor total de 638.000 euros que beneficiaram diversas instituições de solidariedade social.

Este projeto garante o envolvimento dos colaboradores, mediante o desconto de pelo menos um euro do vencimento mensal, permitindo ainda que os colaboradores aderentes votem ao longo do ano nas instituições que gostariam de ver beneficiadas. No final do ano, cada empresa participada soma outro tanto ao valor conseguido com os descontos dos colaboradores.

Na edição de 2015, a CUF, a holding José de Mello e a José de Mello Saúde atribuíram um apoio financeiro de 4.000 euros a cada uma das instituições escolhidas pelos colaboradores ao longo do ano: Comunidade Vida e Paz, Associação Promotora de Apoio à Terceira Idade e Associação Humanitária de Salreu.

Aos 12.000 euros concedidos, deverá acrescer o valor que a Brisa irá atribuir, findo o processo de votação e escolha das entidades a beneficiar, que não foi concluído no decurso do primeiro trimestre de 2016.

Com a preocupação de abranger todas as empresas participadas e com o intuito de contribuir para a ocupação dos tempos livres dos filhos dos colaboradores durante o período das férias de verão, foi novamente dinamizada a Colónia de Férias do Grupo José de Mello, a exemplo do que sucede desde 2001.

A edição de 2015 da Colónia de Férias voltou a ter lugar em Almoçageme, perto de Sintra, entre 5 de julho e 16 de agosto, e contou com a participação de 109 crianças e jovens, com idades compreendidas entre os 7 e os 17 anos.

Para além destas iniciativas a nível transversal, foi promovida pela holding José de Mello e pelas empresas suas participadas, pelo terceiro ano consecutivo, uma campanha interna relativa ao Pirilampo Mágico, com o objetivo de apoiar as CERCIs e outras organizações congéneres na sensibilização da opinião pública para o direito à igualdade de oportunidades da pessoa com deficiência.

Na ótica dos negócios, as empresas que integram o universo de participações do Grupo José de Mello – Brisa, CUF, Efacec Capital, José de Mello Saúde, José de Mello Imobiliária e José de Mello Residências e Serviços – desenvolveram outras importantes ações de responsabilidade social no decurso do exercício de 2015.

Pela sua dimensão, relevância na economia e sobretudo pelas iniciativas e projetos que desenvolvem no domínio da cidadania, a Brisa, a CUF e a José de Mello Saúde merecem uma descrição mais pormenorizada da sua atuação socialmente responsável, nos termos que se seguem.

Quer a Brisa, quer a CUF, quer a José de Mello Saúde publicam também, anualmente, os seus relatórios de sustentabilidade.

in Relatório e Contas 2015

Programa de Voluntariado
separador-azul-jose-de-mello

Lançado em 2011, com o apoio da Fundação Amélia de Mello, o Programa de Voluntariado decorre de um compromisso assumido de uma atuação empresarial socialmente responsável, baseada no legado histórico do antigo Grupo CUF.

Este Programa permite a mais de duas centenas de colaboradores e membros da família José de Mello doarem as suas competências para uma causa comum e é uma forma de as empresas participadas contribuírem positivamente para as comunidades em que se inserem, muito para além dos donativos e ações de mecenato.

Saiba mais no site do Programa de Voluntariado.

Projeto “Ser Solidário”
separador-azul-jose-de-mello

Com início em 2007, o Projeto Ser Solidário parte de uma lógica de grande envolvimento dos colaboradores das empresas participadas do Grupo José de Mello.

Trata-se de uma iniciativa que visa apoiar todos os anos várias instituições de solidariedade social mediante a participação ativa dos colaboradores aderentes, que descontam pelo menos 1 euro do seu vencimento mensal, podendo depois votar nas entidades que gostavam de ver beneficiadas.

Cada empresa do Grupo José de Mello duplica o valor dos contributos dos colaboradores e entrega os donativos às instituições escolhidas.

Colónia de Férias
separador-azul-jose-de-mello

Procurando dar continuidade a um forte legado histórico do antigo Grupo CUF neste domínio, o Grupo José de Mello oferece, desde 2001, aos filhos dos seus colaboradores, com idades entre os 7 e os 17 anos, a possibilidade de frequentarem uma colónia de férias durante os meses de verão.

Entre 2001 e 2016, participaram nas colónias de férias do Grupo José de Mello cerca de 1.200 crianças, filhas de colaboradores das empresas participadas.

Fundação Amélia de Mello
separador-azul-jose-de-mello

A Fundação Amélia de Mello (FAM) foi instituída em outubro de 1964 por iniciativa de D. Manuel de Mello, em homenagem à sua mulher, filha de Alfredo da Silva, com o principal objetivo de dar continuidade à obra social do Grupo CUF.

A FAM tem fortes ligações aos grupos empresariais geridos pelos descendentes do seu instituidor, nomeadamente o Grupo José de Mello e o Grupo Nutrinveste Sovena, mas a sua gestão e modelo de governo são independentes.

A atividade da FAM consiste sobretudo na atribuição de bolsas de estudo e apoio à investigação clínica e em ciências médicas ou humanas.

Em parceria com o Grupo José de Mello, a FAM promove anualmente um programa de bolsas de estudo para licenciaturas e mestrados, dirigido a filhos de colaboradores das empresas participadas, para além apoiar o Programa de Voluntariado e bolsas e prémios para investigação clínica, inovação e solidariedade social.