Comunicados de imprensa

Alteração na presidência executiva do Grupo José de Mello

11/01/21

No contexto de um novo ciclo de desenvolvimento de negócios, sustentado numa sólida situação financeira, o Conselho de Acionistas da família José de Mello decidiu designar Salvador de Mello para a presidência executiva da José de Mello.

Vasco de Mello manter-se-á como presidente do Conselho de Administração da José de Mello, agora com funções não executivas, como presidente do Conselho de Administração da Brisa e como presidente da direção da Fundação Amélia de Mello.

Pedro de Mello manter-se-á como vice-presidente do Conselho de Administração da José de Mello, agora com funções não executivas, que acumula com a presidência da Sociedade Agrícola D. Diniz (Monte da Ravasqueira). A presidência do Conselho de Acionistas da família José de Mello continuará sob responsabilidade de Pedro de Mello.

Ao assumir a presidência executiva da José de Mello, Salvador de Mello mantém-se como presidente do Conselho de Administração da CUF, agora com funções não executivas, passando Rui Diniz a assumir as funções de presidente executivo.

A nova liderança executiva de Salvador de Mello visa também dar continuidade a um legado histórico empresarial iniciado em 1898 por Alfredo da Silva, permitindo o crescimento e o desenvolvimento do Grupo José de Mello e mantendo o compromisso de contribuir para a dinamização da economia nacional e para o futuro de Portugal.

Para Vasco de Mello, “a alteração da presidência executiva decorre de um processo de sucessão natural, numa altura em que o Grupo José de Mello se encontra preparado para encarar com ambição um novo ciclo de crescimento dos negócios e desenvolvimento de novas oportunidades, dando continuidade a um legado histórico empresarial com mais de 120 anos e reforçando o nosso compromisso de longo prazo de contribuirmos para o futuro de Portugal.”

Estas alterações produzem efeitos a partir de hoje e não determinam nenhuma outra alteração no Conselho de Administração e na Comissão Executiva da José de Mello.